2012/02/28

"TODAS AS 'PUTAS' VÃO PARA O CÉU"



Não me lembro onde foi que eu ouvi uma vez essa frase assaz interessante, "Todas as putas vão para o céu", aquilo ficou encasquetado na minha cabeça. Raramente se ouve falar bem de putas, deve ser, eu acho, por causa dos filhos delas, coitadas, afinal elas não têm tempo suficiente para educá-los, e eles acabam indo para Brasília, ou virando juízes de futebol, motoristas de taxi, caminhoneiros, funcionários públicos e outras pragas sociais...
Mas não vamos tergiversar, sigamos com as putas, digo o assunto.
Acho que ouvi essa frase num bar, num dos muito brindes¹ que se fazem a torto e a direito, quando os vapores do álcool sobe às cabeças. Brindamos a tantas coisas sem sentido... Que atire a primeira pedra aquele que em sua juventude, não freqüentou a zona de prostituição² . Que aprendeu o B-A-BÁ do amor carnal (de onde tirei isso meu Deus?). Que atire a primeira pedra, aquele que não saiu em matilha
Caçando feito um cão faminto, farejando de porta em porta, de puteiro³ em puteiro, entrando naqueles hoteizinhos de quinta categoria, todos tendo como fundo musical aquelas pérolas da música brega (recuso-me terminantemente a dar exemplos, até porque eu não freqüentava esses antros de perdição), segurando uma cerveja até ela esquentar, por falta de dinheiro para consumir outra.
È...
Essa era vida antes da internet. Eu tinha um colega, que era chamado de "O Pai da Zona*", aonde chegava era uma festa, as putas iam abraçá-lo, e ele pagava cerveja para elas (e ele sorria feito um coronelzinho de terreno baldio), parecia uma cena de livro de Jorge Amado. E olha que devíamos ter à época mais ou menos uns dezoito anos, nas loucuras da recém chegada maioridade. Lembro que tínhamos dois medos que nos perseguiam (e que temperava a aventura), a saber:

1. Que algum conhecido de nossos pais nos visse,

2. Gonorréia4

Vejam como as coisas pioraram de lá prá cá!...
Fazendo um tim-tim proponho um brinde às putas, afinal: "Todas vão para o céu".
Sei que vocês meus contemporâneos se lembram dessa época5 !










*Criatura citada forma pejorativa, patética e ridícula no conto O VELHO BILL, AS FLORES E EU pulicado nesse blog.

[1] Tim-tim
[2] A BOCA pros íntimos
[3] Espero não ofender o leitor com tais palavras.

[4] Blenorragia para os mais sensíveis
[5] Silvio, Memorioso, Besta-Cinzenta e outros tantos...



15 comentários:

Folhetim Cultural disse...

Roberto Prado um grande escritor... hilariante suas obras... um grande contribuidor a cultura brasileira a ser reconhecido

Silvio Barreto de Almeida Castro disse...

Não sei de nada.

Ranzinza disse...

Ok, então tá não é?

MIRZE disse...

Roberto!

Defendo a prostituição quando é feita para alimentar o filho. Normalmente são pobres e sequer tem acesso a qualquer informação. Tenho um sentimento especial por essas mulheres que nunca tiveram chance.

Mas Acho que Cazuza, já dizia isso, antes dele, Jesus Cristo defendeu a Maria Madalena.

Nem tanto ao mar, nem tanto à terra.

Excelente

Beijos

Mirze

:-) disse...

Toda mulher é puta, trabalhando ou se divertindo. Em casa é diversão, na rua é trabalho, no entanto o termo existe. E existe algumas donas de casa que gostam de ser chamadas de putas quando estão transando com o marido. É tudo uma questão de ponto de vista,ou será uma questão comercial, ou moral? Não sei, não devemos julgar ninguém para não sermos julgados também. Lembre-se que a puta também é mãe.

Folhetim Cultural disse...

Falando em prostituição...

é um assunto muito delicado e com vários pontos de vista, depende de onde vamos partir para comentar sobre ele...

um exemplo como vamos cobrar o fim da prostituição se tem mães que sustentam os filhos dela com este dinheiro... sendo que o governo nada o faz e o pouco que faz não é eficiente..

porém na maioria das vezes a prostituição está ligada ao crime, as drogas... há vários pontos e contra pontos e cada um poderia defender a sua visão.

Ranzinza disse...

São mães sim, inclusive conheço muitos filhos delas.

Folhetim Cultural disse...

haha no seu trabalho tem muitos filhos dela Roberto?

Ranzinza disse...

Pululam...

Deleine disse...

Adorei!!!
Sobre as putas, todos as encontraremos no céu.
Beijos e Parabéns!!!

;-() disse...

Putas, putas. Trsites, mas putas.

Barbara D.L., Secretária do dono desta birosca! disse...

Antes tarde do que nunca, aka que sou uma mulher extremamente ocupada, vou fazer o comentário que falta.
Sim, as putas vão para o céu, pois elas fazem mto bem a diversos idiotas em que parecem que enqto não conhecem o 'B-A-BÁ do amor carnal' (adorei essa chefe!!!) torram nossa paciência e são o pico do retardatário. Fico a espera que meu irmão conheça logo um puta.
Segundo fato que deve ser considerado: Se as putas, que são PUTAS, vão para o céu, então com certeza eu vou também. Meus pecados não são comparados, ou seja, são anulados.

Sem mais.

Silvio Barreto de Almeida Castro disse...

Nossa pombinha enquadrar-se-ia entre os ululantes, entre as próprias ou em ambas?

Ranzinza disse...

3³!

MIRZE disse...

Existem homens que se prostituem também. Seriam eles "putos"?

Esses eu não defendo, principalmente neste governo, neste país;

Beijos

Mirze