2014/09/15

AMANHECER




O dia chegou com
                               o galo do vizinho
com o raio de sol 
                             na fresta da janela
com o espreguiçar e 
                              estalar dos ossos
um novo dia numa vida
                                                            velha



2014/09/12

DIVAGANDO NA DOMITILA




os seus olhos tristes
as costas curvadas
o sorriso amarelo
os pés que se arrastam
a meia que aparece
                                    na sandália, o
– “boa tarde senhores!”
que não convence
nem comove
o jeito como anota o nosso pedido
(que sempre é:
- dois expressos, sem leite!)
o eterno:
- sintam-se a vontade!
que nos dá vontade de levantar da mesa e ir embora
tudo isso só me leva a pensar que:
ela detesta esse emprego
ou está lá ainda à espera
do grande amor de sua vida...
e tanto divago
que o café esfria na xícara..








O Comandante entende essa