2011/08/09

mulher

mulher

assombro

paquidérmico

de mastodôntica

memória

nada esquece

nada perde

nada perdoa

ela não reconhece o manhã

guarda na geladeira da memória

suas faltas

erros

desacertos

e aquela olhada na gostosa de biquíni na praia (nas férias de 1982)

numa amanhã diferente

o sol a encontrará dando lustro

nos seus erros e pecados

mulher

esse monstro que não esquece!






[1] Data meramente ilustrativa

8 comentários:

Gaby Anny disse...

Não esquecemos assim como vocês homem fazem questão de nos lembrar suas falhas.

Viajar disse...

"Sou mulher reconheço cada linha do que li. Bicho encucado, acha defeito onde não tem, aquela memória invencivel, insatisfeita etc etc etc...
Porém que sina é essa masculina? Que mesmo sendo "tão injustiçado" pela classe feminina, sempre necessitará de tal.. amando-a ou não, querendo e até tentando evitar... mas no fim, é nos braços das mulheres que cairão!"

Babi Doux' disse...

Droga! Esse comentário ai em cima é meu.. A minha amiga aqui do trabalho não tinha saido do perfil dela!!! Dããã!

CEM PALAVRAS disse...

Vi uma publicação sua no Folhetim Cultural e não resisti, tive que visitar o seu blog. Bom, muito bom!
Nós mulheres temos a capacidade de nunca esquecer, principalmente, coisas miúdas, bobas que aconteceram há séculos, mas que a gente insiste em guardar congeladas para usá-las como argumentos em briguinhas de amor, rssss

MIRZE disse...

Roberto!

SEM PALAVRAS!

Beijos

Mirze

Ranzinza disse...

Sem palavras ou sem palavrões para mim Mirze? Hahahahahaha Obrigado pela visita.

...como argumentos em briguinhas de amor? Obrigado Cem Palavras, mas esses "argumentos"...

Silvio Barreto de Almeida Castro disse...

Não esquece? Deixa o Alzheimer chegar para ver...

solaris disse...

Mulheres, mulheres que vcs não sabem como viver sem!