2011/05/09

“Eu te leio, tu me lês”

Pergunto-me sempre e sempre qual a razão de continuar a escrever. Não encontrando uma resposta, continuo na labuta.

Aborreço-me, e muito, com tal mister.

Quem escreve, ou pinta, compõe, ou produz qualquer tipo de arte, o faz para mostrar, levar a público, à luz, não para ser ignorado.

Afinal se nos expomos assim é para sermos visto!

Como dói sermos ignorados...

Perpetro meus textos nesse blog, envio postagem aos amigos (?), aos conhecidos, aos desafetos e nada, nada, nada.

Dos poucos que ainda procuro e a quem indago a respeito da postagem enviada ouço sempre que:

1. Texto muito grande

2. Não gosto de ler

3. Falta-me (a colocação correta do pronome foi por minha conta) paciência de ler

4. Não entendo o que você quer dizer

5. Como não tinha foto de mulher pelada nem me dei ao trabalho de ver o resto.

É triste, muito triste.

Escrevo para outros que, como eu, teimam em escrever, e lemo-nos mutuamente como se fossemos uma sociedade secreta.

É triste.

Fosse mais jovem me dedicaria ao futebol, ao pagode ou ao crime...

7 comentários:

Nanda Assis disse...

eu leio quem me le e ate quem não le, mas a verdade, é q nos prendemos a comentários. como se saber q esta bom não nos basta, precisamos da confirmação do outro. muita gente le e não comenta. mas n um mundo onde todo mundo sabe escrever, acha q escreve ou tenta escrever, fica dificil conseguir reconhecimento. afinal estão todos no palco. Cade a platéia?

bjoss...

Babi Doux' disse...

Caro amigo Ranzinza, passo pelo mesmo problema... rsrsrsrs E com as mesmas desculpas!
E nessa hora reflito.. Nao temos amigos com o mesmo grau de intelectualidade que nos...

Babi Doux' disse...

p.s. Por tudo que e mais sagrado, se vc fosse mais jovem nao diga que se dedicaria ao pagode.. a qualquer coisa.. menos pagode... rs

solaris disse...

Concordo plenamente com a cara colega aí de cima, p.a.g.o.d.e NÃO, crime talvez, mas prefiro os textos que leio!

MIRZE disse...

ADORO seus textos.

Leio numa rotina todos os meus blogs favoritos. Neste último mes, devido à mudança e problemas normais, nÃO pude comparecer sempre.

Há pessoas que são inconvenientes e tentam derrubar o próximo. Desses me afasto.

Continue escrevendo!

Beijos

Mirze

Ranzinza disse...

Vocês são as melhores coisas do meu dia...

solaris disse...

B.r.a.vo**