2012/05/14

O AUTOR É ANTES DE TUDO UM COVARDE, QUANDO TEM VONTADE DE SUICIDAR-SE, MATA UM PERSONAGEM.

8 comentários:

Folhetim Cultural disse...

Ou vários aqueles que estavam por vir! Ernest Hemingway foi covarde e tantos outros foram! Nós não seremos!

Folhetim Cultural disse...

Roberto eu percebi uma coisa há um tempo depois que nos conhecemos ficamos mais ativos, publicamos mais, produzimos mais!
Nos completamos, nos encontramos agora vamos a luta para que a cultura tenha espaço a cultura de qualidade a literatura não pode morrer não deixemos ela morrer.

Ranzinza disse...

...ou morreremos lutando!

Folhetim Cultural disse...

fico com a última opção

Ranzinza disse...

hahahahahahahaha

Anônimo disse...

Belo, Roberto!

Assim o desejo de matar vira arte humana (out of G0d)

Beijos

Mirze

Bárbara Fernanda disse...

Não matei nenhum ainda!
Está na hora de fazer isso já!
Ando sendo boazinha demais!

Silvio Barreto de Almeida Castro disse...

Gloria Perez que o diga.