2011/10/24

A BELA ARTE DE SER PESSIMISTA

Ser pessimista
É nunca ser pego de surpresa
Ser pessimista
É nunca querer chegar mais cedo
Afinal alguém já passou a noite na sua frente
Ser pessimista é
Não sofrer,
Afinal você não estava esperando nada mesmo
Tava na cara que aquilo ia dar errado
Ser pessimista
Tem seu charme, seu encanto
Aquele olhar vago
Aquela postura de quem não está nem aí com nada
Ah!
Ser pessimista é uma espécie de antibiótico
Contra o otimismo vazio e inconseqüente
Daquela postura “Poliana” de ser
Dos que dizem bom dia, quando está chovendo
Que quando você espirra dizem:

- Saúde!

Ser pessimista e saber que no fim
A única coisa certa é o fim
Ser pessimista
É não abrir com sofreguidão o hollerith
Afinal ele vai ser igual ao mês passado
Ser pessimista
É olhar para o céu claro e ensolarado
E ter certeza que no sábado chove
(e o diabo é que chove mesmo)
Ser pessimista
É ter prazer em argumentar com evangélicos
(Tentem)
Ser pessimista
É ter certeza que ninguém me lerá.
Ser pessimista
É ter medo de ficar prá semente...

8 comentários:

parole disse...

HiHiHiHi

Eu li!!!! E quer saber, animou o meu dia.

Excelente o poema.:)))

Bjs

Ranzinza disse...

Opa, visitante nova
Espero que vc volte aqui mais vezes!

parole disse...

Voltarei simmmmmm.rs

Bjs

MIRZE disse...

ROBERTO!

Um dos melhores que já li por aqui.
Até pensei em fim de mundo. Nada como passar por pessimismos para vê-lo com outros olhos.

Parabéns, mestre!

Beijos

Mirze

Nanda Assis disse...

é... sabe que tem muitas vantagens nisso?!

bjos...

Ranzinza disse...

Eu, Mestre?

Ranzinza disse...

Nanda, quanto menos esperamos, menos perdemos...

alexandre disse...

Fazendo escola!