2011/01/05

joguei fora as palavras
todo o sentido
todos os sentidos
a lógica
a razão
meus pensamentos vagueiam
espalhados pelo vento
nada mais penso
nada mais quero
acendo um cigarro
e dou o primeiro passo
sigo em frente
até um muro me pare
um buraco me engula
ou o diabo que me carregue

5 comentários:

Gaby Anny disse...

Adorei... Ou me add no face seu porcaria. Já compartilhei no face e no Twitter.

Esse seu texto traduz algo perdido em mim no momento.

Não sei o que... mas me senti bem ao ler.

Ranzinza disse...

Caramba..., estou perdendo meu toque, nunca antes na "História desse País" alguém disse que ler algum texto meu lhe fez bem...

Folhetim Cultural disse...

Um texto que é do cotidiano de todos nós. Todos nós que sonhamos, amamos, enfim de todos nós que tentamos ser seres humanos.

Magno Oliveira
Folhetim Cultural

alexandre disse...

calma...

Ranzinza disse...

Estou numa calma oriental...