2012/06/18

BILHETE


cuide bem da mamãe
vou até ali pular da ponte
acho que não volto mais

4 comentários:

Mirze Souza disse...

Nossa!

Como anda meu amigo!

Mas está ótima esta poesia noir.

Mirze

aline. disse...

super delicado.

é triste,

mas é bonito.

amei.

Rafael Batista disse...

Infelizmente, eu voltei!

Ranzinza disse...

Pobre alma...