2012/05/21

FINGIDA


Fingia
Os orgasmos
Que tinha lido Os Irmãos Karamazov
Que cozinhava
Mas nunca
Nunca
Fingiu que não te traía
Tu sim fingias
Que não via nada disso

5 comentários:

Silvio Barreto de Almeida Castro disse...

O amor é corno.

Anônimo disse...

O amor é cego (acho que essa é mais velha) :)

/Rodrigo

Folhetim Cultural disse...

O amor existe? O que é o amor?

Magno Oliveira

Mirze Souza disse...

De ser difícil fingir por muito tempo.

Arrasou, Roberto!

Beijos

Mirze

solaris disse...

Sim o amor existe!